Objetivo

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

O que é seu, está guardado

Desde criança, minha mãe sempre me disse a frase título deste post, o que se faz notar que desde sempre sou uma pessoa extremamente ansiosa. No passado, jamais consegui compreender o seu significado, achava que era algo dito como "prêmio de consolação", para que eu me conformasse com o fracasso e não sofresse por ele.
Hoje, aos 25 anos de idade, e após diversas decepções na vida, descobri que esta frase não apenas é verdadeira, como extremamente relevante para todas as pessoas.
Sempre fui uma pessoa muito empenhada em manter todas as coisas da minha vida inalteradas. Isso inclui situações e pessoas. Sempre fui avessa a mudanças, sempre tive pavor de ter que sair da minha zona de conforto e encarar o novo cenário que me aguarda do lado de fora. O que mais me assusta nisso tudo, é que não sou a exceção, mas sim a regra. A grande maioria das pessoas se arrepia dos pés à cabeça só de ouvir a palavra MUDANÇA, mesmo que ela não esteja ocorrendo na sua vida. O medo habita a mente das pessoas sempre que se pensa em alterar uma rotina, em rever um processo. Somos acostumados à calmaria, e a mudança é tempestade pura, por isso nos assusta tanto.
A vida é feita de ciclos, e por mais que não concordemos ou aceitemos, ciclos têm começo, meio e fim. Nascemos sozinhos e vamos morrer sozinhos e, embora precisemos das outras pessoas ao longo da vida para completar o nosso processo de existência, crescimento e amadurecimento, é sozinhos que precisamos aprender a viver, porque a única pessoa que com certeza passará a vida toda com você, é você mesmo.
Pessoas entram e saem de nossas vidas o tempo inteiro. Algumas delas são tão pouco relevantes que nem percebemos sua partida - são aquelas pessoas que não agregam nada à nossa vida, não dão nada, mas também não levam nada de nós; outras, porém, parecem levar um pedaço de nós com elas, tamanho o buraco que deixam em nossa existência quando partem. E é por causa dessas pessoas, das quais nos consideramos dependentes, que sentimos tanto medo de deixá-las sair de nossas vidas.
Dia desses, postei aqui no blog uma frase do Bob Marley que está mudando o meu modo de pensar, e que vale a pena ser repetida:

"Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar...Por isso, não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim aprender a amar o que nos foi dado, pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre"...

Hoje, estou falando sobre permitir que os ciclos de nossas vidas sejam cumpridos. Estou falando em compreender que nem todas as pessoas que entram em nossas vidas vêm para ficar, mas que isso não se torna razão para desespero, afinal, aquilo que é nosso ninguém é capaz de nos tirar, então por que ficar se preocupando em estar no controle da situação, em prender a pessoa ao seu lado?
Nosso tempo de vida é muito curto para perdê-lo tentando compreender o significado do jogo, ou tentando manipular as cartas. A vida é o que está diante de nossos olhos, e não há nada que possamos fazer para mudar isso. Esforçar-se para manter pessoas em sua vida pode funcionar por um tempo determinado, mas, mais dia, menos dia, ela irá partir, e não porque você seja o problema, mas porque a missão que ela tinha em sua vida já foi cumprida, e agora ela não pode mais fazer nada por você.
O maior erro do ser humano é insistir em relações que já estão fracassadas, que já não mais trazem alegria a nenhuma das partes. Essa insistência acaba destruindo tudo o que foi bonito do relacionamento, e deixam uma mágoa e uma frustração muito profundas e totalmente desnecessárias. É preciso saber o momento de partir da vida de alguém, ou de deixar que aquela pessoa parta de sua vida. É claro que haverá pessoas que ficarão para sempre conosco, e essas precisamos saber identificar e cultivá-las, mas isso não requer nenhum esforço absurdo. Quando perceber que está se esforçando demais e não está recebendo o retorno esperado, apenas pare e se pergunte: será que isso (a coisa/pessoa que quero) realmente deve realmente fazer parte da minha vida?
Nem sempre aquilo que queremos para nós é para ser nosso. Nem sempre o que achamos que nos fará bem, de fato fará. Muitas vezes erramos em nossas escolhas, mas não conseguimos admitir isso a nós mesmos, com medo do tal fracasso, então continuamos cegamente "dando murro em ponta de faca", insistindo em algo que não dá mais certo e, claro, sofrendo demais com tudo isso.
Viver sem medo de errar é o maior segredo dessa vida. Viver livre de medos, de traumas, da sensação de fracasso, do pecado. Porque pecado imperdoável é passar por essa vida sem ser feliz.

Boa tarde, meus amores!

Estou de volta com a minha criatividade...rs
Não sei o que aconteceu ontem, não estava muito afim de nada, então só para não deixar passar a postagem, deixei umas boas frases para reflexão.
Ah... estou deixando mais uma pessoa ir embora da minha vida, e confesso que pela primeira vez não estou fazendo nenhum esforço para mantê-la comigo. Gostaria que tivesse dado certo, mas infelizmente o barco não está caminhando para isso, e se eu insistir, sei que nem a amizade vai restar. Confesso que não é fácil deixar alguém que você quer ir embora assim, sem maiores explicações, mas é necessário. Porque o que é meu, está guardado! Hoje eu sei disso.

Um beijo bem grande a todas, e agora vou visitá-las.

11 comentários:

Por Paloma Coelho disse...

Ai , parece que foi para mim rsrs. A muito tempo eu luto contra muitas coisas e muitas pessoas , acho que isso já se passou com todo mundo, guarde apenas o que foi bom ... é dificil, mais passa! beijos linda

Anônimo disse...

Taia,
como sempre levando-nos a refeltir sobre nossas vidas e o que fazemos dela no momento.
Nossa, tanta coisa para falar que nem sei por onde começo.
Eu também temo muito as mudanças, gosto do conforto da situação atual, mas só depois vejo o quanto a mudança foi boa, transformadora. Nem todas as mudanças são positivas, é preciso muito discernimento e calma para distingui-las.
Posso me intrometer um pouquinho? rsrsrsr - a pessoa da qual está falando é o mesmo que mencionou em um poema meu?
Bem se for pelo que eu percebi do comentário, você disse que estava curtindo, então curta bastante até cansar e se vir que não é isso mesmo que quer, siga seu rumo como sempre tem feito.

Bjs e mais bjs.

Bethynha disse...

bom dia amiga..se eh para essa pessoa ir embora..deixa ir..quem sabe um dia ela volte...
Deus sabe o melhor caminho para vcs..
tenha um otymo dia..

Camila Santiago disse...

eh.. como eu disse, nem sempre o que e pra ser..e bom ... o difícil e entendermos isso .. sem falar na ansiedade de saber esperar... aff... bom dia flor ...bjus

GÊ. disse...

Oiii isso ´frase de mae mesmo, mas eu confesso q acredito to nisso.

bjs

@ugust@ disse...

. Taia, ontem comentei pelo celular na sua postagem, apareceu que havia sido enviada e aguardava aprovação, fui conferir hoje e não deu certo embora tenha dado msg que sim, aff! risos.
. desculpe o sumiço, o trabalho está cruel!
. vc foi á festa? consegui tirar foto de corpo inteiro? manda pra mim amiga!
. pessoas veêm e vão o tempo todo, o importante é vc estar feliz, afastamento da rotina nunca é fácil mas vc tem Natal e um Ano Novo fresquinho à sua frente para novas descobertas e realizações.
. amiga querida, perdoe-me a passagem rápida mas ou é isso ou é nada, trabalho está a toda, até amanhãmal terei tempo para almoçar, depois de segunda-feira tudo ficará mais calmo, ainda bem! Apesar de tudo não tinha como eu não vir aqui neste dia tão feliz em que finalmente alcancei minha meta, aliás, além disso, eu ultrapassei minha meta em menos 600 gramas, estou muito feliz mas tenho que manter os pés no chão para não me perder antes das festas, que já serão prova de fogo suficiente, risos.
. beijinhos mil.
. fique com DEUS.
http://augusta-emagrecendo.blogspot.com/

Lays disse...

Oii Taia!
Adoro essa frase e confio e acredito nela e tambem gosto da Bob oo a intimidade rsrsr adorei o post!
Bjoks lindona!!!!!!!!!!!!

Brupi Emagrecendo !!! disse...

Oiii TAIA q saudade faz tempo q ñ entro no blog meu e das minhas amigas... esperoo q esteje td otimoooooooo com vc .... vamos continuar .... emagrecendooo

Lucy Britto disse...

Oi Taia

fazer descobertas sobre si mesma como vc fez não é nada fácil
mas tenho sempre te acompanhado aqui e hj te vejo mais forte e mais certa das suas decisões do que há um tempo atrás
e fico muito feliz por isso
se descobrir é a chave para a Felicidade
pois ser feliz não é algo difícil assim
mas eu acho que é algo muito pessoal
tenho te sentido feliz e espero estar certa
torço muito pela sua realização pessoal
bjs e suas palavras me tocaram como sempre
te acho sempre tão sincera e adoro isso

Fernanda disse...

Lindo post.

Beijos!!!
Fer

Por Paloma Coelho disse...

Que bom que gostou, anciosapara te conhecer um pouquinho mais, beijos e otima semana