Objetivo

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Mau Humor

Eita quarta-feira com mais cara de segunda que eu já vi na minha vida! Acordei atrasada, e num mau humor que só por Deus! rs
Sabe aquele dia que só o fato de alguém olhar para a sua cara dentro do ônibus você já se irrita? Pois é, hoje estou mais ou menos assim. Sabe aquelas atitudes das pessoas que em dias normais você nem repararia e/ou se importaria, mas naqueles dias de estresse te deixam ainda mais emputecido? Então... por exemplo: a pessoa ficar bem atrás de você dentro do ônibus, segurando o ferro bem acima da sua cabeça e batendo o cotovelo em você a cada pequeno movimento seu; ou, você finalmente conseguir sentar, e a pessoa ao seu lado fazer menção de levantar umas 975 vezes, e simplesmente continuar sentada?
Você chega no trabalho e seu micro simplesmente decide que não vai funcionar. Estou tentando abrir o blog desde às 8h30 e não conseguia de jeito nenhum! Nem meu trabalho eu estava conseguindo fazer, graças à lerdeza dessa estimada máquina (para não escrever um palavrão, afinal, este é um blog de família rs). Fiquei tão nervosa que não me contive: xinguei alto, e todo mundo da sala ouviu... ainda bem que são todos meus amigos e já conhecem esse meu jeito impulsivo rs
Eu sei que é tudo besteira, e não há motivo nenhum para se aborrecer com isso, e vocês devem estar aí pensando que sou uma tremenda de uma garota enxaqueca, mas eu realmente não sei o que está acontecendo comigo hoje. Acordei de pá virada, sem nenhum motivo aparente.
Queria ter feito alguma coisa nesse feriado, e a chuva simplesmente atrapalhou todos os meus planos. Passei o feriado inteiro (sexta à noite, sábado, domingo, segunda e terça) com uma inexplicável dor de estômago, que me rendeu 1kg. a menos (oba!), mas também me deixou numa irritação brava! Também fui ver uns carros no domingo, mas não encontrei nenhum que me agradasse. Sabe, não vejo a hora de ter o meu próprio carro, para poder ir onde eu quiser, a hora que eu quiser, e também a minha casa, para ter meu espaço e minha liberdade.
É muito bom ter pai e mãe, eles nos amam incondicionalmente, ajudam no que podem e também no que não podem, mas nada melhor do que a independência, fazer as coisas do seu jeito, na sua hora.
Eu queria que a minha vida tivesse sido diferente, sabe. As coisas saíram do meu controle e foram me atropelando, e hoje me sinto triste por não ter conseguido dominar a minha própria vida.
Ando me sentindo sem vida. É do trabalho para a faculdade, da faculdade para casa, de casa para o trabalho. Sei que tenho um filho pequeno, e que essa foi a vida que eu escolhi (escolhi mesmo?), mas eu acho que não morri por ter sido mãe solteira, e mereço uma chance de refazer o meu caminho. Mas nada de diferente acontece, minha vida é sempre a mesma coisa, não muda! E eu estou cansada disso, sabe. Eu sei que é preciso lutar para se ter as coisas, que ficar sentado reclamando não resolve nada, mas a questão que me aborrece é justamente essa: eu não estou sentada reclamando, estou lutando há muito tempo, e mesmo assim, nada tem acontecido.
Sei que sou uma pessoa muito ansiosa, que quero tudo para ontem, mas, acreditem, as mudanças que quero para a minha vida já são de muitos anos.
Ok, talvez seja só um dia ruim. Mas a minha desconfiança é de que é a minha alma, mais uma vez, tentando se rebelar contra a minha passividade, contra a minha falta de iniciativa em relação a algumas coisas da minha vida. Bom, não importa o que é, o que importa mesmo é que logo passa.
Olha, espero que vocês tenham um dia espetacular, e que o feriado tenha sido maravilhoso!

Bjus, e agora vou visitá-las.


P.S.: tava com raiva até agora, mas ao acabar o post, decidi fazer uma boa maquiagem, dar uma risadinha para a vida e continuar o dia, afinal, ainda tenho muitas horas pela frente, então, por que não torná-las mais agradáveis? Viu como vocês me fazem bem? rs

Foto do dia (sem sorriso, porque todas com sorriso ficaram ruins rs)

7 comentários:

Anônimo disse...

Taia, to rindo até agora, realmente tbé sou assim tem dia que se me derem bom dia eu pergunto o que que tem de bom!!!!
Olha que bom que já fez um supoer make, ficou linda! E deu uma risadinha, alias vc já forçou pra rir, gargalhar e acabou rindo de verdade, [é um ótimo exercício para esses dias ruins.
Minha vida tbém não é o que eu havia pretendido, alias é muito diferente, eu sonhava em ser independente e to pior q vc, nem emprego tenho...
Paciencia é a alma do negocio, principalmente nestes dias!
Bjocas

Anônimo disse...

Oi Taia eu tb acordo assim super irritada cm tudo e cm todos,nao aguento nem olhar p/mim mesmo.... mas depios passa e tudo fika legal dinivo.boa quarta p/vc.....tenha calma.....bjokas....

Celly disse...

Oi amiga, tb sou assim impulsiva, tem horas que me arrependo mas já é tarde, tb gostaria das coisas para ontem e nem sempre é possível, daí temos que aprender a conviver com isso. Que bom q vc perdeu 1 Kg, continue assim. Um ótimo restinho de semana. Abraço.

Celly disse...

Ahhh, outra coisa que esqueci, tenho uma prima que é canhota e sabe fazer crochê, ela demorou um pouquinho mas pegou, e é engraçado porque ela faz ao contrario, adoro ver ela crochetando por isso. Quem sabe vc tb aprenda, pra mim é uma terapia, me desestressa.

Anônimo disse...

Oiiiiii,
Com o perdão da palavra tem dia que é "foda". Eu sempre que acordo em dias assim tenho vontade de voltar para cama e começar tudo de novo para ver se algo dá certo.
Esses dias são como a vida.
Também queria muito voltar no tempo e mudar tanta coisa, nada é como eu tinha imaginado! Também sinto que minha vida passa e eu aqui só assistindo. Então percebi que já que não posso voltar no tempo vou tentar fazer diferente agora, e se não der certo, bem vou continuar tentando...
E sobre sermos parecidas, concordo em gênero, número e grau... como diz Sait Exúpery, duas pessoas não se encontram por acaso e sempre deixam algo em nós e nós neles, acho que foi por isso que nos encontramos para nos enxergarmos. Às vezes não vemos certos defeitos, mas os identificamos claramente no outro, fica mais fácil modificá-los, se for do nosso interesse.
Bem, já falei de mais.
Bjs e "carpe diem", se for possível ainda hoje, rsrsrsrsrsrsr

Nine Ferreti disse...

Oie Taia!

Acabei de fazer um post sobre isso.. aliás, essas mudanças de comportamento que acontecem quando a gente está em processo de emagrecimento são algo surreal! Pra você ter ideia, depois que emagreci, pedi demissão, não suporto mais fazer o que não gosto e to pensando em me separar (sou casada há 17 anos!)...

Agora não pude deixar de rir com alguns fatos que aconteceram contigo.. fiquei só imaginando.. rsrsr

A foto sem sorriso ficou linda.. tá com uma expressão forte!

Bjka!

Anônimo disse...

Oii...Taia,
ai amiga tem dias que estou assim tbm,só Deus mesmo,nem eu me guento,rsrsrs...
Mas fazer o que né a vida é assim tem dias que estamos bem outros não e assim vamos levando...nossa sorte é que dias assim logo passam!
Amiga obrigado por seu carinho no meu cantinhoi,seu comentário me ajudou demais!Valeu:)
BjO