Objetivo

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Dia de Pesagem e mais umas considerações

Bom dia a todas!
Hoje é dia de pesagem e eu não poderia estar mais feliz com o resultado, porque a balança deu uma gargalhada linda para mim logo cedo:

Balanço Geral da Semana:

Peso Anterior: 85,7 kg.
Peso de Hoje: 82,7 kg.
Eliminação: 3 kg.

Água: 15,8 l. consumidos.
Atividade física: 50 minutos de caminhada.

SALDO POSITIVO!

Pois é, fiquei devendo no quesito atividade física, pois só fiz caminhada 1 dia (ontem), mas aos poucos vou incorporando novos hábitos à minha vida. Não sou chegada em exercícios físicos (sou preguiçosa demais, admito!), mas sei que eles vão me ajudar muito nesse processo de emagrecimento e também na manutenção da minha saúde, então preciso fazer e ponto final!
Sabe, eu descobri uma coisa muito importante durante essa semana de RA: eu posso emagrecer sem me privar de comer o que gosto e sem ser obrigada a comer o que não gosto.
Explico: eu nunca fui uma pessoa habituada a comer frutas. Não que eu não goste, algumas eu até aprecio, mas o meu problema é preguiça mesmo! Além disso, as frutas que eu realmente gosto são as mais difíceis de trazer para o trabalho (melancia, melão, abacaxi), pois são frutas que soltam água e devem vir acondicionadas em potes, que acabam virando dentro da bolsa e fazendo a maior lambança! Por conta disso, sempre que iniciava uma RA, já ficava achando que não ia dar certo porque não estava comendo a quantidade de fruta recomendada. Mas dessa vez eu fiz diferente, não pensei em nada, só paguei para ver. E qual não foi minha surpresa ao ver que eu emagreci só pelo fato de cortar besteiras como frituras, doces e refrigerantes, reduzir em 2/3 a quantidade de tudo o que eu como e não ultrapassar a marca de 1.200 cal/dia! Emagreci comendo pão de queijo no café da manhã, tomando meu refrigerante zero açúcar e me alimentando com coisas que gosto e são fáceis de fazer e trazer parao trabalho.
Estou feliz por não ter que comer folha de alface 24 horas por dia e nem passar mal por falta de açúcar no sangue e muito menos me privar de alimentos que gosto. E tudo isso me deu ânimo para seguir em frente com o meu objetivo de emagrecer 31 kg. até o dia do meu niver, em outubro.

Final de Semana

Depois de uma semana bem tensa, saí com os amigos no sábado a noite para esfriar a cabeça. Foi uma noite muito agradável, pena que eu estava meio triste e com a cabeça cheia de problemas, o que acabou influenciando no meu comportamento. Bebi um pouco demais e isso me encorajou a desabafar com os amigos e me levou às lágrimas. Odeio chorar na frente dos outros e demonstrar fraqueza, mas confesso que depois disso fiquei me sentindo um pouco melhor. Além disso, estar na companhia dessas pessoas que eu amo, admiro e respeito é sempre maravilhoso! Espetaculares é muito pouco para definir meus amigos!

Solidão

Estou passando por um fase complicada da minha vida, pois estou consciente do que devo mudar em mim e na minha história, mas ainda não tenho coragem para dar os passos necessários para isso. Quando era uma completa ignorante sobre alguns fatos da minha vida, era livre da culpa de não fazer nada por mim, no sentido de mudar de direção. Mas agora que estou vendo tudo com muita clareza, não posso fugir e nem me esquivar da minha responsabilidade.
Tenho me sentido muito sozinha, mesmo rodeada de pessoas. Sinto que muitas das pessoas do meu convívio não compreendem meus sentimentos e nem estão dispostas a isso. Além disso, vejo todo mundo ao meu redor dando um rumo às suas vidas, arrumando um novo emprego, um(a) namorado(a), fazendo uma viagem etc, e percebo que eu continuo na mesma, embora queira e me esforce por uma vida diferente. Estou me sentindo estagnada, embora se eu for analisar bem, não estou. Acabei de me formar, mas nem isso trouxe a alegria que eu esperava sentir quando acontecesse. Passado aquele momento inicial de euforia, vem a maldita pergunta que sempre me assombra: e agora?
Mas penso também que sou uma eterna insatisfeita, e que nada que eu fizer ou conseguir vai ser o suficiente para preencher o meu vazio interior, porque a questão não é externa, é interna. O problema é comigo, é com a minha percepção das coisas, é com a forma como eu enxergo a vida e as pessoas.
Cheguei à conclusão de que a vida é uma eterna busca pelo nada, porque nunca vamos nos contentar com as vitórias, vamos sempre querer mais e mais, vamos sempre reclamar do que temos e do que não temos, vamos sempre estar em busca de algo que beira o impossível, então já que as coisas são assim, por que perder tempo em não ser feliz?
Sim, porque é isso que eu venho fazendo por todos esses anos: me privando da felicidade. Sempre condicionei a felicidade a fatos e situações, jamais a um estado de espírito. Passei todos esses anos acreditando que não merecia ser feliz porque não tinha a aparência e o corpo exigidos pelo padrão de qualidade da sociedade, até descobrir que mesmo que eu chegue ao peso ideal, vou continuar pensando do mesmo jeito, porque o problema não está na exigência da sociedade, mas na exigência que eu mesma faço para mim. Eu conheço um monte de gordinhos felizes e bem resolvidos, aos quais o peso não faz nenhuma diferença, são pessoas bem sucedidas, com bons relacionamentos e em paz consigo, e sabe por que? Porque se amam, respeitam e valorizam. Todos nós somos merecedores de felicidade, e não importa em que condições nos encontremos ou o que tenhamos feito de errado no passado. Todos nós temos direito a uma vida digna, à alegria de mais um dia de sol e a realizar os sonhos mais secretos.
Tenho meus pais que me ajudam demais na criação do meu filho, mas sinto que o dia de eu tomar as rédeas da minha vida está cada vez mais perto, e quando isso acontecer seremos somente eu e ele, e confesso que a ideia da proximidade deste momento está me deixando apavorada, porque eu acho que não sei andar sozinha. Sempre fui uma pessoa que precisou da aprovação dos outros para me sentir bem, para seguir o caminho. Cresci com a ideia besta de que só posso ser feliz se tiver alguém ao meu lado para guiar a minha vida, já que eu mesma não sei fazê-lo. Nos meus relacionamentos amorosos, costumo entregar à pessoa a responsabilidade sobre a minha felicidade, e é por isso que sempre acabo machucada.
Muita coisa já mudou nestes últimos 2 anos, mas sei que ainda tenho muito a aprender. Estou aprendendo a andar sozinha, não por vontade própria, mas porque os acontecimentos da minha vida me obrigaram a isso e, embora muitas vezes ainda me sinta excluída e esquecida, sei que Deus tem um propósito para mim, e que nada que nos acontece é por acaso, é para nos fazer crescer, amadurecer e nos tornar pessoas melhores.
Hoje sei que a pessoa mais importante desse mundo para mim sou eu mesma, em primeiro lugar, e que o amor pelas outras pessoas deve existir, sim, mas sem ferir o meu amor-próprio. Hoje eu sei que relacionamentos que me deixam mais triste do que feliz não devem continuar, mesmo que doa muito colocar um ponto final. Hoje eu sei que nem tudo o que eu desejo de toda a minha alma deve realmente ser meu, e que eu preciso aprender a lidar com a perda e ter paciência para aguardar o que é certo.
Eu já sei de muita coisa, agora preciso aplicar à minha vida...

Certa de que já falei demais, despeço-me desejando a todas uma semana espetacular!

Beijos

10 comentários:

Rosângela Massoterapeuta disse...

Nossaaaaaaaaaaa florrrrrrrrr
Resultado maravilhoso...parabéns!
Beijosssssssssss

Mili disse...

uhulllllllll semana espetacular! Isso ae amiga, vamos que vamos!:)
e boas energias pra semana. Beijos

Bethynha disse...

viu amiga..qndo a gente faz uma semana certinha emagrecemois..vc ta de parabens..e tbm pela força de vontade que rodeia vc..eu tbm vou tentar fazer uma semana maravilhosa pra ver se sexta o peso abaixa um poucxo ne...to tentando entrar na rotina novamente e emagrecer tudo o que ganhei nas ferias..
desabafar as vezes eh bom..a gente se sente melhor...não se sinta sozinha amiga...tu sabe que tens muitos amigos..
nao quero te ver triste em razao disso viu?
beijao e vamos fazer uma semaninha lindaaa

Anônimo disse...

Taia,
HOje nada do que eu disser poderá ser mais siginificativo do que o poema que postarei aqui, foi a Fran que me enviou e acho que é apropriado para o meu e o seu momento.

" ACREDITAR
Fizeram a gente acreditar que amor mesmo,amor pra valer,
só acontece uma vez,
geralmente antes dos 30 anos.
Não contaram pra nós que amor não é acionado,nem chega com hora marcada.
Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja,
e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.
Não contaram que já nascemos inteiros,
que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas
a responsabilidade de completar o que nos falta:
a gente cresce através da gente mesmo.
Se estivermos em boa companhia,
é só mais agradável.
Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada dois em um:
duas pessoas pensando igual,
agindo igual,
que era isso que funcionava.
Não nos contaram que isso tem nome:
anulação.
Que só sendo indivíduos com personalidade própria
é que poderemos ter uma relação saudável.
Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório
e que desejos fora de hora devem ser reprimidos.
Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados,
que os que transam pouco são caretas,
que os que transam muito não são confiáveis,
e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.
Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.
Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz,
a mesma para todos,
e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.
Não nos contaram que estas fórmulas dão errado,
frustram as pessoas,
são alienantes,
e que podemos tentar outras alternativas.
Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente.
Cada um vai ter que descobrir sozinho.
E aí,
quando você estiver muito apaixonado por você mesmo,
vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém"
John Lennon
Bem eu achei maravilhoso e esclarecedor e quantas vezes nos cobramos algrias e realizações porque o outro conseguiu e nós não!

Beijos.

✿Dαиda Lutando Contra a Balança✿ disse...

ei amiga \o/\o/
que resultado maravilhosooo !!!
eu na sexta tbem vou ter uma notícia boa com a dona Bala rsrsrs
Beijos e fique bem :)

Por Paloma Coelho disse...

Que lindo, parabens e vamos que vamos que o sucesso eh todo nosso, otima semana

Luta Diária disse...

Oi, parabéns pelos kg perdido. Uma das poucas coisas que é bom perder se chama KG. kkkkkkkkk
Bjos!

Bethynha disse...

eu tbm sou assim..qualquer desafiu que eu entrava em vez de emagrecer engordava mais ainda..
mas agora vai ser diferente Taia..temos que mudar nossa cabeça de gordas..e temos que vencer essas barreiras..
vamos com muita força..
e todos os dias eu vou passar no blog pra puxar a orelha de vcs..e vcs a minha..temos que emagrecer..se nao nunca vamos ser plenamente felizes..pq eu me sinto meia infeliz as vezes com meu corpo..sei la..neura ne..
mas estamos aqui pro que der e vier..vamos juntas
bjossss

Cacau disse...

Um resultado maravilhoso Taia, parabéns.
E tenho certeza que todas essas tuas inseguranças faze parte da mudança que está acontecendo dentro de ti!
Vc já é uma grande mulher e está desabrochando ainda mais, vc vai ver!
QQ coisa me escreve blogdacacausp@gmail.com


um grande beijo a ti e seu filhote

Anônimo disse...

Olá Taia!Que belo resultado! Continue mandando mais e mais Kg para a Gordolandia! Quanto às frutas, coloque em uma garrafa térmica que não vaza e ainda se mantém fresquinha.bjs.