Objetivo

terça-feira, 31 de agosto de 2010


Como estão todas vocês? Espero que maravilhosamente bem, e que esta terça-feira seja muito iluminada para todos nós.
Andei pensando muito nos últimos dias, analisando meus posts e seus comentários, e percebi que ando espalhando tristeza com minhas palavras, estou sempre com um discurso melancólico, infeliz e resmungão que não está me levando a lugar nenhum, apenas me trazendo mais tristeza. Ao ler os comentários de vocês, mais uma vez noto que têm toda a razão: desistir e desanimar jamais, pensar mais em mim, me cuidar, me amar e me valorizar estão entre as principais coisas que devo fazer da minha vida, não somente neste momento, mas para sempre.
Eu sempre me senti inadequada diante da vida e das demais pessoas, sempre acreditei que não merecia ser feliz porque não estava dentro dos padrões aceitáveis de beleza. Na minha cabeça doente, era correto e normal as pessoas me humilharem e me abandonarem, por eu ser gorda e feia. Sim, é loucura, eu sei. Mas fazendo terapia, são essas coisas que eu ando descobrindo por detrás dos meus fantasmas e traumas.
Eu sempre banquei a "descolada", que não está nem aí para nada e nem para ninguém, a crítica dura dos homens e suas atitudes sempre iguais, a mulher independente que não precisa de ninguém para ser feliz, mas todas essas faces são personagens que criei para esconder a minha verdadeira face de uma mulher insatisfeita com a sua própria vida e inconformada com os constantes fracassos de todos os seus relacionamentos amorosos.
Eu vivo da revolta de um passado. Eu respiro raiva, frustração e desejos de vingança. Eu sou como uma viciada em cinema: assisto o mesmo filme toda semana, e eles me causam as mesmas emoções fortes, como se fosse a primeira vez que estivesse vendo as cenas.
Porém, eu descobri que o problema não está onde eu achava que estava: eu acreditei fielmente por todos esses anos que a minha vida não dava certo porque eu sou gorda, mas desde que entrei na blogsfera light, conheci um monte de gordinhas bem resolvidas, bem casadas, profissionais de sucesso e muito felizes, e a teoria na qual me agarrava para viver caiu por terra. Eu fui obrigada a me despir do meu disfarce e me olhar minuciosamente, completamente nua. Eu vi o medo estampado na minha face, eu vi um desejo louco de ser aceita e amada gritando dentro de mim, eu vi uma menininha acuada num canto escuro, esperando alguém aparecer e convencê-la de que, sim, ela é merecedora de felicidade, ela pode mudar o rumo de sua história, ela pode escrever capítulos de alegria e sonhos. Eu sou essa menininha. Achei que já era uma mulher madura e preparada para a vida, mas descobri que não passo de uma menininha assustada e insegura.
Todos nós podemos ser bonitos, atraentes e agradáveis, não importa a forma física. "Quem ama o feio, bonito lhe parece" sempre foi um ditado que a minha mãe me disse, e hoje eu entendo suas palavras: gostar de outra pessoa está além de admirar seus atributos físicos: caráter, alegria, senso de humor, equilíbrio, amor-próprio são outros ingredientes que tornam o prato extremamente saboroso. Ninguém consegue convencer o outro só com um rostinho bonito e nenhum conteúdo.
Eu continuo me condenando por não ter o peso e as medidas dos padrões de beleza da sociedade, sem perceber que tenho qualidades importantes e relevantes para o mundo, que posso ser bonita com essa beleza mesmo que Deus me deu e uma boa dose de bom humor e alegria, que posso ser uma maravilhosa companhia, independente do manequim que uso, e que as pessoas que não gostam de mim por causa da minha aparência não merecem um minuto da minha atenção.
O fato de outros amores não terem dado certo na minha vida não significa que nunca encontrarei uma pessoa especial para dividir a vida. Ter sido abandonada no passado não significa que a culpa foi minha, que fiz algo de errado, apenas significa que não era a hora certa, nem a pessoa certa.
Aos 24 anos, quase 25, cheguei em um momento crucial da minha vida, até um pouco assustador: o caminho do autoconhecimento. Chegou a hora de deixar para trás velhos hábitos, abandonar comportamentos infantis e possessivos, respeitar as decisões das outras pessoas, mesmo que elas me machuquem, deixar sair da minha vida tudo aquilo que não me faz feliz, e isso inclui pessoas também. Chegou a hora de parar de me desabonar como pessoa só porque peso 80 kg. e tenho marcas de espinhas no rosto, me valorizar, me respeitar e me amar pela pessoa única que sou, esquecer todo o passado de dor e humilhação e escrever uma nova história. Chegou a hora de abandonar a posição de vítima, enxugar as lágrimas, recolher os cacos, jogá-los no lixo e construir uma nova vida, com novos caminhos e novas possibilidades. Chegou a hora de ser melhor do que eu fui ontem, mas sem tirar meus méritos sobre o que vivi até hoje. Chegou a hora de mudar a minha auto-imagem, levantar todos os dias com a fé renovada, passar uma boa maquiagem no rosto, escolher a melhor roupa e estampar um sorriso no rosto, porque atitudes positivas geram energia positiva, que se convertem em alegria.
Como diz minha mãe, "o pensamento gera o sentimento", por isso eu preciso parar de pensar nas coisas que me fazem mal, para não gerar sentimentos ruins, que só prejudicam a mim!
Eu não posso mudar o passado, mas posso aprender com ele e fazer melhor no presente. O futuro? A Deus pertence.

P.S.: Obrigada por fazerem parte deste meu longo e definitivo processo de mudança, esse blog tem feito muita diferença na minha vida.

Hoje eu acordei com vontade de ser feliz!

10 comentários:

Anônimo disse...

Oiiiii,
Gostei de "ler", rsrsrsrsrsr. Olha Taia, eu não acredito em fórmulas mágicas... mas concordo com quase tudo do que disse. Realmente se só pensarmos em coisas negativas, viveremos sobre essa nuvem a nos envolver em caminhos cada vez mais obscuros. Agora, no que diz respeito aos relacionamentos - e isso digo por conhecimento de vida e teoria, rsrsrsrrs, nós mulheres somos educadas a sempre estar com um homem, casar, ter filhos, etc e quem não consegue isso, sente-se frustrado, incompleto. Eu tenho me sentido muito assim, mas depois penso que é melhor estar sozinha do que com alguém que não te respeita e valoriza, só para dizer que se tem alguém. Mas isso nem sempre é fácil.
Sei que não te conheço ainda muito bem, e que sou nova no blog, mas percebo pelas leituras dos textos que você está tentando e isso por si só já é positivo.
Acredito que quando queremos algo com "todas as nossas forças' e nos empenharmos para tal, a conseguiremos, e é isso que você está fazendo.
Parabéns!!!!

Abraços.

Mili disse...

E vc pode ser feliz amiga, pensamento positivo atrai coisas positivas na vida da gente! segue firme e vamos juntas!!!
Vc merece ser feliz!:)
Beijos!

Lays disse...

Thaia amiga estravasa, libera e joga tudo pro ar!!!
Amei o post e serviu pra mim também e é incrivel mesmo o que essa blogsfera faz por nós só DEUS pra explicar...
Bjoks amiga você é especial!!!

Anônimo disse...

Vamos lá Taia!
É preciso ter coragem para acreditar em si mesma e saber-se capaz, é muto mais cômodo culpar os outros, o peso, a vida do que assumir erros. Vc merece ser feliz, pode ser feliz e vai conseguir ser feliz, basta querer! Basta se aceitar, aceitar seu corpo, aceitar o que se tem, suas formas e marcas. E vc pode mudar desde que queira, que assuma uma atitude modificadora, ninguém muda o outro, mas podemos e temos esse poder sim de mudar a nós mesmos, mas não basta só querer, como tudo na vida é preciso AGIR.
É preciso viver o hoje, que é onde as coisas acontecem, e é preciso agir no hoje.
Só discordo em esquecer o passado, os erros cometidos viram experiencia de vida, as mágoas sofridas nos calejam a pele para suportrmos outras perdas e além de nos enriquecer como seres humanos, nos mostram onde não devemos pisar novamente, ninguém aprendeu a andar sem cair! E no passado tbém houveram sorrisos e dias felizes, tudo tem o outro lado da moeda. O problema é que queremos contos de fadas, em vez disso deveríamos entender que tudo tem prazo de validade, exceto lógico amores incondicionais como àqueles que um dia foram ligados pelo cordão umblical!
Amiga, vc é mais forte que imagina, falta só vc se descobrir, ver BELEZA EM VC e não só nos outros!!!!!
Ah e só pra saber: já bebeu água hoje???
Bjocas

Anônimo disse...

Boa Noite flor! retribuindo a visitinha..... tenha uma quarta feira de muita alegria e paz...seja feliz sempre....bjokas

Camila Santiago disse...

oi amore... obrigada pelas visitas...e comentários... mas veja só,,,se acordou com vontade de ser feliz ... sorria ... sempre que tirar fotos...bjus

Bethynha disse...

eh isso ai amiga vamos deixar a tristeza de lado e ser feliz agora...e tudo vai se encaixando aos poucos viu?
bjao e boa semana

Patrícia Fujii disse...

Oi amiga, obrigada pelo visitinha no meu blog novo, e principalmente por me seguir, rs...vou investir novamente no biscuit, rs. Logo eu coloco umas fotos lá, rs.

Beijos.

Celly disse...

Oi, obrigada pela visita, estou começando agora e é muito importante este apoio agora.
E que é isso amiga, levanta essa cabeça. Esses dias ouvi essa frase:"se vc não sorrir, ninguém vais sorrir por ti" e é verdade. Sacode a poeira e vai a luta. Abraço.

Rosângela Massoterapeuta disse...

Que lindaaaaaaa
Adorei a foto!!! Mas quero te ver sorrindo ;)
Bjãoooooo