Objetivo

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Revigorada

O que seria da vida se tudo fosse somente flores? Acho que não teria graça viver. Andei pensando sobre o sentido da vida, e cheguei à conclusão de que tudo é um grande aprendizado. Estamos aqui para aprender a lidar com os nossos medos, para superar limites, para vencer barreiras, para ser maior e melhor como pessoa a cada dia que passa, para aprender com os próprios erros, para tentar de novo, e de novo e mais uma vez se for necessário, para aprender a viver intensamente, e não a sobreviver, como a maioria de nós faz todos os dias.
Os dias de escuridão virão, é inevitável. Mas, assim como a natureza, podemos a ter certeza de que o sol voltará a brilhar, não importa quanto tempo isso demore.
Somente eu posso mudar o rumo da minha história, e não adianta querer me convencer de que hábitos são coisas difíceis de serem mudados, estou enganando apenas a mim com esse discurso. As missões da minha vida ninguém pode cumprir por mim, os meus sonhos só eu mesma posso realizar, persistindo na busca e agindo adequadamente para que eles aconteçam.
Eu poderia ter nascido sem qualquer tipo de tendência a engordar, mas não tive essa sorte. Diante de tudo isso, eu tenho dois caminhos a seguir: lutar bravamente para emagrecer e me manter magra, ou maldizer a minha sorte, colocar na cabeça que sou gorda mesmo e ponto final e me acabar de comer. É claro, o segundo caminho é muito mais fácil de ser seguido, principalmente porque comer é muito bom e, no meu caso, é um grande vício, mas será que é o caminho que vai me fazer feliz? Será que me conformar em ser uma gorda é o que eu quero para a minha vida? É claro que não!
Não é fácil reduzir as quantidades de comida ingeridas, principalmente se a comida torna-se um refúgio para as dores da alma, mas também não é fácil ser gordo. Pense em todas as dificuldades e restrições que a gordura já lhe trouxe até hoje: humilhações, dores pelo corpo, não conseguir comprar as roupas de que gosta porque elas não cabem, cansaço excessivo, sonolência, autoestima destruída... o que é mais difícil, no final: fechar a boca ou continuar vivendo a mesma situação todos os dias? Sofrer tentando emagrecer ou deixar que a dor silenciosa da obesidade me consuma todos os dias?
Eu estou aqui tentando mais uma vez, e vou tentar quantas vezes forem necessárias, até eu conseguir. Após a Flavia me deixar um recado ontem dizendo que eu poderia participar do Desafio de Natal, um ânimo novo tomou conta de mim. Senti vontade de testar meus próprios limites, de chegar onde jamais cheguei, de calar as pessoas que não acreditam que sou capaz de conseguir emagrecer.
Ao chegar em casa ontem, eu preparei alimentos lights para trazer ao trabalho hoje, e até agora, segui tudo à risca. Minha meta para dia 10 de setembro é 76 kg., ou seja, preciso eliminar 4,5 kg. em um mês, então, mãos à obra!
Além disso, estou trabalhando também no meu projeto "Comprar um carro", e estou me organizando para economizar. Sinceramente, eu não sei o significado dessa palavra, pois ela nunca existiu no meu dicionário, sempre fui uma gastona assumida e orgulhosa, e minha mãe até deu risada ontem quando eu disse a quantia que pretendo guardar por mês até o fim do ano, mas foi justamente o fato de ela duvidar de mim que me fez sentir ainda mais vontade de cumprir o plano que preparei. Sinceramente, já fui mais preocupada com a opinião das pessoas a meu respeito e com o fato de elas não botarem fé em mim, mas hoje sei que a única pessoa que realmente precisa botar fé em mim para que eu consiga algo sou eu mesma. E eu estou me dando mais uma chance. Eu tenho muito crédito ainda comigo! rs
Se eu tenho capacidade de fazer algo que eu quero, por quê não fazê-lo? É difícil? Sim, com certeza, mas quem disse, algum dia, que seria fácil? A vida não é fácil para ninguém, as únicas coisas que mudam da vida de um para a vida de outro são o grau de dificuldade e a maneira de enxergar essa dificuldade. Aprendi em administração que uma ameaça sempre pode se tornar uma oportunidade, basta saber trabalhar com ela. Então, eu decidi que vou transformar todas as "ameaças" da minha vida em oportunidades de crescimento e mudanças positivas.
Pode ser que amanhã eu poste um texto triste e desanimado novamente, que eu me entregue de novo à comilança ou que eu maldiga a minha sorte mais uma vez, mas eu descobri que o mais importante não é ser perfeito e cumprir à risca tudo aquilo que nos impomos, mas sim jamais desistir. E se tem uma coisa nessa vida que eu sei que eu sou é BATALHADORA!

Dica do dia:

Meninas, vale a pena conhecer esse site, eu vi, gostei e recomendo:
Com certeza vocês não vão se arrepender, principalmente se lerem o livro-tema. É muito bom!
Obrigada pela força de sempre. Vocês me inspiram todos os dias a continuar trilhando o caminho do bem.

7 comentários:

kryka disse...

Amiga,estamos juntas no desafio...E vamo mostrar prá todos que podemos sim vencer.Beijos.

Tatha, somente... disse...

sabe que eu adoro as coisas que vc me escreve???
depois comento melhor sobre ele...agora estou comentando escondida dos chefes...hahahahahaha

Bjinhos florzinha :*

Anônimo disse...

Mais um desafio juntas amiga, mas vamos arrebentar nesse ok!
Olha vc está certa de não levar as opiniões das pessoas tanto a ferro e fogo, mas olha, se vc não conseguir juntar tudo que estipulou por mês, junte metade ou uma parte, mas junte, faça assim com a RA tbém, se não der pra ser 100% seja pelo menos 50% e vá mudando aos poucos pois tudo é adaptação e modificar hábitos leva tempo, deixe esse imediatismo fora da sua vida pois ansiedade só atrapalha!
Força sempre!
Bjocas

Anônimo disse...

brigaduuu linda pelo apoio... com certeza vc vai conseguir realizar tudo que deseja,pode ter certeza que vou colkar teu nome nas minhas oraçoes...deus vai te abençar
bjokas amiga

pattydedieta disse...

Oi amiga!!!

ESTAMOS COM O MESMO PESO!!!
HAUhuahuaHuaHUha
Vamos juntas então, eliminar os quilinhos...eu não estou participando do desafio de natal, mas vou me esforçar por fora, rs.

Obrigada pelo apoio de sempre viu.
Bjos.

Camila Santiago disse...

passando rapidinho pra agradecer seu carinho...te adoroooo ...ahhhh tb tenho esse livro .. naum li ainda... mas pretendo ...tão falando bem ate dele... bjoks

Lays disse...

Ooiii!!!
Força eu tbm to no desafío e vamos juntas vencer essa parada rs quando ao gorda em recuperação baixei o livro e to terminando de lê é muito muitoo bom vale muito a pena..
Bjoks amiga!!!